Copyright © Um Tesouro no Céu
Design by Dzignine
domingo, 31 de maio de 2009

Elemento desagregador

 
A Bíblia diz que o justo, onde põe a mão, tudo prospera. Há pessoas que são justamente o contrário: onde põem a mão, tudo desagrega, tudo arruína, tudo se estraga, tudo se decompõe. São pessoas com o extraordinário poder de acabar com tudo. Nenhuma harmonia, nenhuma comunhão, nenhum grupo resiste ao seu toque, à sua chegada. Encontram uma promessa, envolvem-se em um projeto, participam de um grupo e, depois delas, o que se encontra é uma terra arrasada. Como depois de um Tusiname. Como depois de um ataque aéreo com ogivas nucleares. Os líderes agregam e promovem o crescimento. O desagregador se agrega para influir, se promover e, por fim, não deixar pedra sobre pedra. Ou é do jeito dele ou não é de outro jeito nenhum. Esse tipo é um inferno quando casa. Essa gente transforma uma igreja numa sinagoga de Satanás. Esse tipo é infeliz e ninguém consegue ser feliz ao lado dele. Um conselho para quem convive com um elemento desagregador: fuja dele, o mais discretamente possível, mas fuja. Não adiante confrontar, ele vai passar de amigo a inimigo num piscar de olho. Ele é um desagregador, certo? Não tem jeito porque não quer ter jeito. Entretanto, acredito que já é tarde demais. Você já foi enredado. Como Judas Iscariotes, ele será o pivô de todo seu sofrimento. Jesus só conseguiu se desvencilhar do elemento desagregador quando ordenou (o que tem de fazer, faze-o depressa!). Já era tarde. Judas, pelo menos por algumas terríveis horas, conseguiu desagregar até o grupo liderado por Jesus!



 


sábado, 30 de maio de 2009

O que você é? Uma cenoura, um ovo ou um grão de café?

Uma filha se queixava a seu pai a respeito de sua vida e de como tudo era difícil para ela. Não sabia como prosseguir e estava se dando por vencida. Estava cansada de lutar, parecia que quando resolvia um problema, outro surgia de imediato.

Seu pai, um chefe de cozinha, levou-a ao seu local de trabalho. Ali, encheu três vasilhas com água e as colocou sobre um forte fogo. Logo a água das três vasilhas estava fervendo. Numa colocou cenouras, na outra ovos e na última colocou grãos de café.

Deixou-os ferver sem nada dizer. A filha esperou pacientemente, questionando-se o que estaria fazendo seu pai. Após vinte minutos o pai apagou o fogo. Retirou as cenouras e as colocou em um recipiente. Retirou também os ovos e os colocou num prato. Coou o café e o colocou num copo.

Olhando para sua filha lhe disse: Querida, que vês?

- Cenouras, ovos e café. Respondeu ela.

A fez aproximar-se e lhe pediu para que apalpasse as cenouras, então, ela constatou que estavam moles. Pediu, também, para que tomasse os ovos e rompesse suas cascas. Ao retirar as cascas observou que estavam duros. Em seguida lhe pediu para provar o café, ela sorriu enquanto experimentava seu rico aroma.

Humildemente a filha perguntou: Que significa isto, pai? Ele lhe explicou que os três elementos haviam enfrentado a mesma adversidade: água fervendo, mas, haviam reagido de maneiras distintas.

A cenoura que a princípio era dura ao ser colocada na água fervendo se tornou frágil, fácil de se desfazer.

O ovo, por sua vez, era frágil e a casca protegia o seu conteúdo líquido, mas, após passar pela água fervendo o seu interior endureceu.

Os grãos de café, sem dúvida, eram únicos. Depois de passar pela água fervendo, havia modificado a água.

Qual deles é você? Perguntou a sua filha.

Quando a adversidade bate a sua porta, como é que você se comporta?

É uma cenoura que parece forte, mas quando chega a adversidade e a dor se transformam em frágil, perdendo todo vigor?

Ou um ovo que começa com um coração débil, possuía um espírito fluido, mas, depois de uma adversidade, tal como uma morte, uma separação, um divórcio, um fracasso ou uma demissão do emprego, tornou-se duro. Por fora ainda apresentas a mesma casca, mas endureceu o seu interior, tornou-se duro.

Ou ainda és o grão de café, que transforma a água fervendo, o elemento que lhe causa sofrimento? Quando a água chega a ponto de ebulição o café alcança seu melhor sabor.

De coração desejo-te que tentes ser como o grão de café quando as coisas não andarem bem e possas desejar que teu ambiente melhore.

Lembra que tudo que acontece em nossa vida tem alguma razão pra isso, só precisas descobrir o motivo e aprender com ela. E se tens fé no Senhor Jesus não há mal que não seja para o teu bem.

- E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do SENHOR, E não desmaies quando por ele fores repreendido;
- Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho.
- Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?
- Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos.
- Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos?
- Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade.
- E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela. (Hebreus 12:5-11).

- Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. (Romanos 8:18)

- E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (Romanos 8:27-28)
- Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;
- Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. (II Coríntios 4:17-18)

(Texto de autor desconhecido.)


sexta-feira, 29 de maio de 2009

Já fui rejeitado muitas vezes e de muitas maneiras


 
Já fui rejeitado muitas vezes e de muitas maneiras. Sei como dói. Conheço de longe os mecanismos da repulsa. Toda rejeição produz rupturas tremendas na alma. Sei bem a dor que é ser não amado quando a única coisa que a gente quer é ser amado.

Lendo a Palavra de Deus, vi o quanto de rejeição tiverem que sofrer homens e mulheres que, sendo amados pelo Pai, foram duramente ignorados pelos que estavam a seu redor.

Davi foi rejeitado pelos irmãos. Quem também duramente foi rejeitado pelos irmãos foi José do Egito. Jesus foi rejeitado - criticado, cuspido, mal-entendido, mal interpretado, agredido. Desde quando nasceu, Herodes queria matar o Filho de Deus. Todos os profetas, em maior ou menor escala, também foram rejeitados, principalmente pelos sacerdotes e reis da época. Hoje, são grandes as possibilidades de você ser rejeitado.

Quer deseja namorar alguém, quer deseje "aquele" emprego. Se você for um fracassado, será logo descartado. Se tiver sucesso no que faz, os invejosos e mesquinhos não te deixarão em paz. O preço do sucesso é uma parcela de repulsa por parte dos medíocres.

Um dos dados mais importantes é que o Senhor a ninguém despreza. Se Ele não te despreza, qualquer outro desprezo fica relativizado. Crendo nisso, por favor não se despreze.

Não tenha repulsa de você mesmo! Valorize-se e creia que o Senhor te valoriza. Quanto a quem te despreza, ignore-o. Se você leu até aqui, merece ler o melhor conselho que eu posso te dar - e aprendi com todos que foram desprezados na Bíblia: despreze toda sorte de desprezo e siga em frente. Os fracos se abatem, os fortes ignoram a rejeição e avançam - firmes, seguros, amados, vitoriosos.


Escrito pelo Pr Geraldo Magela


 

domingo, 24 de maio de 2009

Eu, insignificante?


  
 
Muitas vezes eu ouvi um amigo cristão dizer: "Oh, você dá aulas para uma classe de pequenas crianças? Eu acho isso insignificante. Você gosta de sofrer". Minha reação, em pensamento, para tal declaração, é: "Seu modo de ver as coisas é que é insignificante. Se você nunca tentou fazer o que está criticando, como pode saber a riqueza das bênçãos que está perdendo". existem poucos momentos tão preciosos quanto o de assistir os olhos faiscantes de uma criança vendo o grande peixe (construído com uma garrafa pintada de branco) engolindo literalmente Jonas (um boneco), e depois vê-lo ser devolvido, intacto, sem nenhum dano. "Deus cuidou de Jonas e cuidará de mim também, se eu o obedecer". Grande alegria eu sinto quando ouço a voz excitada de um pequenino arrastando a Mãe ou o pai, dizendo: "venha ver os 10 leprosos que Jesus curou". Eu, uma coisa insignificante?

Como meu coração se enche de prazer quando eu ouço, de uma pequena distância, o sussurro alto, "Mamãe, aquele é meu professor". O período que passo com as crianças no fim de semana é o momento mais comovente, mais agradável, mais abençoado de minha vida. Não, eu não trocaria aqueles momentos por uma cadeira confortável em uma sala de aulas quieta para adultos. Quem sabe, aquela classe bíblica que ensino possa levar alguém para o Céu. Alguém que não poderia encontrar o caminho de outra maneira. Desculpe, amigo, não sou eu o insignificante.

Às vezes não conseguimos mensurar o grande valor de um tempo dedicado a Deus. Cada instante a serviço de nosso Salvador vale mais do que muitas horas empregadas na busca de grandes conquistas pessoais. Cada vida transformada, cada criança edificada no caminho de Cristo, cada minuto que gastamos levando o amor do Senhor aos corações necessitados, vale muito mais do que qualquer tesouro neste mundo.

Sua vida com Deus nunca será insignificante, seu trabalho para Deus nunca será insignificante, seu tempo gasto falando da salvação nunca será insignificante. Pelo contrário, grande é o seu valor para o Senhor.


"Ora, uma só coisa é o que planta e o que rega; e cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho" (1 Coríntios 3:8).


Paulo Roberto Barbosa

Casamento não Casa ninguém

 
Pastor – confessou uma senhora idosa – Sou casada há quase cinqüenta anos. Tenho me esforçado para ser a melhor esposa que meu marido poderia ter, mas sou infeliz, muito infeliz. A confissão, assim, feita de supetão, surpreendeu o pastor. Por quê? Porque não amo nem nunca amei meu marido. Mas, então... por que se casou?

Naquele tempo, não era a gente que escolhia com quem casar. Eram nossos pais. Um dia, meu pai me disse: Filha, daqui a dois meses você vai casar com o filho de meu compadre. Ele é médico recém-formado, gente boa, será um ótimo marido para você. Domingo, ele virá com o pai dele, para te conhecer. Nos conhecemos e ele gostou de mim, mas eu nunca gostei dele. Casamos, a festa foi linda, mas eu estava gritando por dentro. Nunca consegui amar meu marido. Tentei muitas vezes.

Casei por obediência, não por amor. Fui uma boa esposa, mas nunca fui feliz. É impossível não ter pena dessa senhora. É impossível não ter pena de quem serve por obrigação, de quem ama por dever, de quem se relaciona por tradição. DE QUEM FAZ AMOR A PULSO. Se eu fosse esse marido, sinceramente, por mais que a amasse, teria libertado essa mulher. Ela nunca foi sua esposa, sempre foi sua escrava.

O número de cristãos que servem a Jesus por obrigação é imenso. Acorrentados pela tradição, se submetem religiosamente a uma rotina de frustração e infelicidade. Dizem que é melhor só que mal-acompanhado. Eu creio. O problema é que tem muita gente só, bem-acompanhado.


Escrito pelo Pr Geraldo Magela
http://www.pastorgeraldomagela.com/

ALGUMA COISA POR NADA?

 
Liderança é praticada nem tanto por palavras quando comparada com atitudes e ações. (Harold S. Geneen)


Não existe escassez de pessoas e empresas oferecendo um atraente premio de alguma coisa por nada, especialmente nesses dias de crise econômica mundial. Esqueça por um momento que isso é impossível e considere isto: você realmente gostaria de viver num mundo onde pudesse obter alguma coisa por nada? Poderia uma vida sem desafios e suas recompensas ser digna de se viver? O que você compraria se não houvesse ninguém para exigir o seu dinheiro em troca?

É muito triste constatar que muito esforço é desperdiçado na busca de alguma coisa por nada. Mais triste ainda é a desilusão que isso resulta. Aqueles que correm atrás de alguma coisa por nada fracassarão na sua empreitada e concluirão que a concretização dos seus sonhos estarão fora do alcance.

Mas isso não é verdade. Qualquer coisa pode estar ao alcance de qualquer pessoa que esteja desejosa de se disciplinar e pagar o preço por aquilo que desejam alcançar. Não permita que seus sonhos sejam roubados por alguém que esteja oferecendo alguma coisa por nada. Em vez disso, olhe para cima, olhe para Deus e Sua maravilhosa graça porque é Ele que pode lhe dar a certeza, a convicção absoluta de uma vida com valor e substância.



Para Meditação:

Feliz o homem que acha a sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; porque melhor é o lucro que ela dá do que a prata, e melhor da sua renda do que o ouro mais fino. (Provérbios 3:13,14)





Nélio DaSilva

O Perfume de uma Flor pisoteada

Foi perguntado a uma menina o que era Perdão. A bela resposta que ela deu foi: "É o perfume que as flores exalam quando são pisoteadas". Para o cristão misericordioso, este perfume alcança bem longe, até o trono do juízo de Cristo. O cristão, portanto, não precisará temer no momento em que chegar lá.

Quais têm sido as nossas reações quando sofremos algum tipo de agressão? Pagamos com a mesma moeda? Guardamos sentimentos de mágoa e ressentimento? Fazemos daquela pessoa, a partir daquele momento, integrante de nossa lista de inimigos? Mas, e a nossa condição de cristãos transformados pelo Senhor? Não agem assim os que não tem Deus no coração? Devemos nós agir da mesma forma?

Quando o Senhor Jesus entra em nossas vidas, fazendo-nos filhos de Deus, uma nova criatura começa a ser formada em nós. Passamos a pensar de maneira diferente. Se não praticávamos o amor, passamos a exercitá-lo em sua plenitude. Se qualquer coisa negativa tirava o nosso bom-humor, agora ele é abundante em qualquer circunstância.

Se o rancor nos dominava diante de uma simples ação contrária a nossos interesses, agora ele dá lugar à compreensão e ao perdão. Um pequeno sinal escuro não pode apagar o brilho da presença de Cristo em um ambiente.

O Senhor Jesus nos diz, em Sua Palavra, que as árvores são conhecidas pelos frutos que produzem. Que tipo de fruto produzimos? Somos uma árvore bonita, com folhagens brilhantes e frutos dignos de admiração ou uma árvore sem vida, com galhos secos e sem um fruto sequer?

Se fôssemos uma rosa, o que seria marcante ao sermos pisados, o nosso perfume ou o ferimento provocado pelos espinhos?



Paulo Roberto Barbosa

Você Se Esqueceu?


  



Uma pequena criança, que vivia na rua, ouviu de um dos colegas de infortúnio: "Se Deus ama você, por que não cuida de você? Por que não manda alguém lhe trazer uma calça nova, e um casaco, e uma comida melhor?" O menino pensou por alguns instantes e, com lágrima nos olhos, respondeu: "Eu creio que Ele mandou alguém, mas esse alguém se esqueceu." O plano de Deus é cuidar de todos, usando para isso os seus discípulos.

Muitas pessoas estão, hoje, necessitando urgente de um cuidado especial. São pessoas angustiadas, tristes, desiludidas. Deus quer cuidar delas e, para isso, conta comigo e com você. E o que temos feito?

Deus nos mandou amar ao nosso próximo como a nós mesmos. Temos feito isso? Há muitos que estão vagando pelas ruas esperando que lhes levemos as calças da fé, o casaco quente do amor, o alimento para suas vidas espirituais famintas. Eles estão esperando... ansiosos... e vamos insistir em esquecer do que Deus nos mandou fazer?

Às vezes pensamos que uma vida com Deus consiste apenas em ir à igreja, cantar no coral, participar da Escola Bíblica, entregar uma oferta no culto semanal e... mais nada! E os que estão fora da igreja? E os perdidos? E os cansados e oprimidos? O Senhor nos chamou e nos mandou, como a Abraão, ser uma bênção.

Ser um cristão dentro do templo é fácil, cômodo, agradável. Mas Jesus não nos disse "entrai na igreja e sentai" e sim "ide e pregai o Evangelho". E o pregar não se resume a palavras, mas, também a atitudes.

Você tem cumprido totalmente a vontade de Deus ou se esqueceu de alguma coisa?

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura" (Marcos 16:15). 


Paulo Roberto Barbosa

O MITO DO AMOR

 
Você  já ouviu esta frase: “Apenas o amor é suficiente para manter nosso casamento”? Isso não passa de mito. A realidade é que para que um casamento sobreviva às intempéries do tempo é absolutamente necessário que no relacionamento haja mais que amor. Persistência, paciência, e compromisso mútuo de resolver com maturidade e objetividade os problemas que surgirem - porque eles vão surgir – são fundamentais!
Aproximação traz intimidade, mas traz também a necessidade de mudanças e adaptações. Mudança é algo difícil. Você só pode tolerar uma certa quantidade de mudança se não for afetado. E casamento traz consigo uma gama enorme de mudanças. As regras agora são diferentes. Você não pode sequer minimizar o problema por viver com uma pessoa antes do casamento. Na realidade, estudos têm demonstrado que viver em condição marital antes do matrimônio tem sido o indicador de uma quantidade ainda maior de divórcios.
Lembre-se de que o casamento consiste não apenas de duas, mas de três pessoas - você, seu cônjuge e Deus. Se seu lar for construído sobre terra firme, as tempestades por mais bravias que sejam jamais conseguirão derrubar o que foi solidamente construído.
Nélio DaSilva
Para Meditação:
Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. (Mateus, 7:24,25)

O QUE VOCÊ DIZ?

 
Palavras podem limitar a sua maneira de pensar ou podem expandir os seus horizontes. Palavras podem trazer desencorajamento e desespero, ou podem prover o encorajamento para grandes e magníficas realizações.  (Peter Swanson)
U ma das maneiras mais rápidas e mais fáceis de aprimorar o seu mundo é aprimorando as palavras que você usa ao falar a respeito de si mesmo ou ao falar com outras pessoas. Você sempre tem a opção de escolher as suas palavras, portanto, faz todo o sentido do mundo escolher as melhores e as mais positivas.
Com toda certeza você já experimentou o enorme impacto de uma agradável e encorajadora palavra. A recíproca também –com toda certeza – é verdadeira. Portanto, em vez de permitir que uma palavra venha amplificar uma problemática situação, tome a decisão de escolher as palavras que possa lhe levar para uma mais positiva realidade.
Aquilo que você diz a si mesmo e o que você diz aos outros tem uma importância tremenda. Jamais se esqueça que as suas boas palavras podem verdadeiramente criar um mundo mais positivo.
Nélio DaSilva
Para Meditação:
Quem é cuidadoso no que fala evita muito 
 sofrimento. (Provérbios 21:23)

Velhos RANCORES (como se livrar deles?)

 
Em uma disputa aberta, a técnica mais indicada parece ser aquela que possa – simultaneamente – enfraquecer o INIMIGO e fortalecer o NOSSO LADO.
É a velha história... Quando alguém nos magoa, pensamos: “Você me feriu, e vai ter de sofrer 10 vezes mais por isso”.
É a famosa “sede de vingança”. É a luta interior, a busca de se sentir feliz com a infelicidade do outro.
Porém, a orientação de Jesus indica outra direção.
O Mestre ensina que devemos suprir o adversário com nossas próprias provisões, dentre de um conceito, aparentemente, absurdo.
Ocorre que a paz e vitória que você aspira – e de que precisa para o dia de HOJE – não serão alcançadas por meio da sua capacidade de se vingar, ou de ocupar posições preenchidas por outros.
Sua verdadeira e permanente vitória vem do Senhor, que pode e deseja protegê-lo, mesmo diante dos inimigos mais ferozes.
Abandone RANCORES, esqueça as DESAVENÇAS passadas, abra seu CORAÇÃO para as palavras divinas e descobrirá a melhor forma de prevalecer.
Sem temor ou amargura. Apenas com amor.
"Portanto, se teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça."
(Romanos 12:20)
Hoje leia: Salmo 23:5; Salmo 27:3
Texto extraído do livro "Uma Janela para O Eterno", de autoria do Pastor Elcio Lourenço. Pastor desde 1968.

sábado, 23 de maio de 2009

Dedico aos Filhos e Filhas.....


Esta manhã, eu vou sorrir quando vir o seu rosto, e rir mesmo sentindo vontade de chorar.
Vou deixar você escolher o que vai vestir sorrir e dizer o quanto você está ótimo.
Eu vou deixar a roupa para lavar de lado, pegar você e levá-lo ao parque para brincar.
Vou deixar a louça na pia e deixar você me ensinar a montar seu quebra-cabeça.
Esta tarde, eu vou desligar o telefone, manter o computador fora do ar e sentar-me com você no quintal e soltar bolhas de sabão.
Eu não vou gritar nenhuma vez, nem mesmo resmungar quando você gritar e acenar para o carrinho de sorvetes, e vou comprar um se ele passar.
Eu não vou me preocupar com o que você vai ser quando crescer.
Vou deixar você ajudar-me a assar biscoitos e não vou ficar atrás de você tentando consertá-los.
Esta noite, vou segurá-lo em meus braços e contar-lhe uma história sobre como você nasceu e como eu o amo.
Eu vou deixar você espirrar a água do banho e não ficar nervosa.
Vou deixar você ficar acordado até tarde, enquanto ficamos sentados na soleira, contando todas as estrelas.
Eu vou me aconchegar ao seu lado por horas e perder meus shows favoritos na TV.
Quando eu passar meus dedos entre seus cabelos enquanto você ora, eu vou simplesmente ser grato a Deus por ter me dado o maior presente do mundo.
Eu vou pensar nas mães e pais que procuram por seus filhos perdidos, nas mães e pais que visitam a sepultura de seus filhos ao invés de suas camas, nas mães e pais que estão em hospitais vendo seus filhos sofrerem sem que isto tenha sentido e gritando por dentro que não podem mais suportar isso.
E, quando eu te der um beijo de boa noite, eu vou te segurar um pouquinho mais forte, por um pouquinho mais de tempo.
E é então, que vou agradecer a Deus por você, e não pedir nada a Ele, exceto mais um dia.
  Autor Desconhecido
sexta-feira, 22 de maio de 2009

Remorso ou Lamento?

 
É melhor fazer e se arrepender ou se arrepender do que fez? Qual a melhor escolha para as nossas decisões? Talvez tenhamos que conviver com as duas, ou melhor, não conviver com nenhuma delas. Inicialmente, com o suporte do dicionário, entenderemos o significado dos substantivos lamento e remorso.

O primeiro quer dizer lamentação interminável, que importuna e que a nada leva; queixume; queixa; ato de falar de modo triste; falação longa e fastidiosa em que são evocadas desgraças de toda sorte por alguém que deseja ver-se atendido naquilo que pede; choradeira; lengalenga; arenga .

O segundo quer dizer a flição; tormento de consciência por um ato mau que se praticou; revolta da consciência contra uma ação pecaminosa ou culpável; remordimento; arrependimento.

Por estas definições, fica claro que o melhor é fazer sem arrepender-se.

Conheço pessoas que dizem que só se arrependem do que não fizeram. Isto tem um fundo de verdade: o ato de executar nos leva à grandeza do aprendizado.

O fazer nos leva a aprender, a melhorar, a crescer. O fazer nos leva ao futuro enquanto as indecisões, os medos nos levam ao passado.

Como é mais fácil obtermos perdão do que permissão, não tenhamos medo de errar e se o erro acontecer, precisamos aprender com ele.

Somente não erre por omissão, pois este é um erro que nos leva em direção à lamentação.

A informática, além dos inúmeros benefícios que nos trouxe, também é responsável em transformar o erro em uma situação normal, muito diferente dos anos passado.

Os jogos eletrônicos permitiram ao jovem a decidir que jogada fazer e se errasse ganhava nova chance e neste mecanismo de tentativa e erro nossa juventude cresceu com esta mutação da nossa cultura.

E isto é muito bom, pois os jovens profissionais estão mais criativos e decidem mais; lamentam-se menos porque incorporaram esta boa pratica na sua vida profissional.

Vamos agora analisar um outro seleto grupo de pessoas: os empreendedores, que são a solução do emprego na maioria dos paises.

Estes arquitetos do fazer, do executar sonhos, são verdadeiros heróis, principalmente no nosso país, onde a carga tributária e a proteção exagerada aos funcionários chegam a inviabilizar e desestimular negócios.

E estes grandes executores, transformam sonhos em realidades. Tem na atitude, na perseverança, no comprometimento e no deixar um legado, competências maravilhosas.

Os mais bem sucedidos levam consigo uma outra competência que elimina o remorso, o planejamento. Esta é uma importante ferramenta para buscar informações para decidir o melhor caminho.

Os empreendedores que agem sem pensar, que só tem uma idéia, por oportunidade ou por necessidade, não otimizam e nem limitam seus recursos, não definem estratégias especificas e podem levar seu negócio ao fim, e ai o remorso aparecerá.

Nestes casos, é muito comum identificar erros primários e arrepender-se de não ter se dedicado mais tempo na analise do negócio ou do problema.

Porém, não há queixas quanto a terem feito o empreendimento, pois este leva a uma riqueza de conhecimentos, uma sensação de vitória futura, de responsabilidade social e desafios.

Fico feliz de analisar estatísticas de redução de mortalidade das pequenas e médias empresas. É um ótimo sinal que o empreendedor continua com a sua interminável chama acesa do fazer, que é inimigo mortal do remorso.

Agora começa a se preocupar com os estudos prévios, as analises mercadológicas, a profissionalização desde cedo da sua empresa, através de consultorias especializadas e, com isto, a lamentação cada vez terá menos espaço em nossas vidas e empresas.

É nosso dever deixar este Mundo melhor do que quando aqui chegamos, sem lamentações e remorsos. Pelo contrário, com ações concretas, com relacionamentos duradouros, com amizade e respeito aos nossos irmãos, com transmissão de nossa espiritualidade dentro de um corpo saudável.

Viva, viva intensamente a vida, se doe, cultive o conhecimento que é a nutrição da nossa mente e deixe um legado. A vida foi feita para ser vivida a cada momento com muita alegria e felicidade, sem remorsos nem lamentações. 


Carlos Rosa  

Quero ser como um televisor

 
A professora Ana Maria pediu aos alunos que fizessem uma redação e nela colocassem o que eles gostariam que Deus fizesse por eles.

Já em sua casa, corrigindo as redações, ela se depara com uma que a deixa muito emocionada. Neste momento, o marido entra e pergunta:

- O que aconteceu?

- Leia você mesmo!

Era a redação de um menino, que dizia:

"Senhor, esta noite eu quero te pedir algo muito especial. Por favor, me transforme em um televisor. Quero ser como a TV da minha casa. Quero ter um lugar especial para mim, e reunir minha família ao meu redor. Quero ser levado a sério quando falo. Quero ser o centro das atenções, e ser escutado sem interrupções. Quero receber o mesmo cuidado especial que a TV recebe quando não funciona, e ter a companhia dos meus pais quando eles chegam em casa, mesmo que estejam cansados. E que minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de ignorar-me. E ainda que meus irmãos "briguem" para estar comigo. Quero sentir que a minha família às vezes deixa tudo de lado pra passar alguns momentos comigo.

Ao terminar de ler a redação, o marido de Ana Maria comenta:

- Meu Deus! Coitado desse menino. Imagine como deve ser essa família!

E Ana Maria responde:

- Essa redação é do nosso filho!
 

Quem Sabe Somar Sabe Dividir



Somar é a primeira operação matemática que se aprende, a que temos mais facilidade e que gostamos mais.
Primeiro agente gosta de somar várias vezes palitos e giz, depois brinquedos e roupas da moda, depois somar dinheiro, depois somar carros e casas, e sempre somar alegria e felicidade.
Isto já é multiplicação, que também é fácil de aprender, é só somar várias vezes a mesma coisa.
A Segunda operação que aprendemos é a subtração.
Aí começa a ficar estranho.
Principalmente quando tem que pedir emprestado na casa do vizinho, digo, casa decimal ao lado. Ninguém gosta mais de diminuir do que somar.
Quando chega na divisão é quase um desespero, ainda mais quando sobra um resto.
É que ninguém entende aonde ou pra quem vai ficar o resto.
Até no cotidiano ninguém gosta de dividir nada.
A dificuldade no aprendizado não parece à toa, o homem rejeita essa prática.
Quando o homem aprender a dividir corretamente e saber onde deve ficar o resto, entenderá que é o mesmo que somar para alguns, mantendo a quantidade de outros, sem necessariamente subtrair de alguém, ou seja, é o mesmo que somar igual para todos; entenderá também que somando os restos teremos mais um inteiro divisível, fazendo outros felizes.
O resultado final também é uma soma, a soma da felicidade geral.
Poderíamos até chamar esta operação de soma distribuída.
Com esta visão, com certeza a matemática daria mais resultados, talvez fosse dispensável aprender contas de dividir e os homens continuariam felizes a somar palitos, brinquedos, dinheiros, carros, casas e felicidade, porém não somente para si. 

Quem sabe? 
Autor Desconhecido

Vidro ou Diamante

 
Um homem esperava para atravessar uma avenida quando um brilho na grama em que pisava chamou sua atenção.

Deu uma olhada sem se abaixar e pensou " Deve ser um caco de vidro" e foi embora.

Mais tarde outro homem na mesma situação percebeu o brilho, abaixou-se, pegou a pedra meio suja e viu que era talhada como um lindo diamante.

Parecia mesmo um diamante enviando raios luminosos com as cores do arco-íris quando colocado ao sol. O homem pensou " Puxa, será um diamante? Desse tamanho? Perdido aqui? Como veio parar aqui?

Talvez eu devesse levar a um joalheiro pra ver ser é mesmo." Olhava e olhava e de repente disse a si mesmo

" Que idiota eu sou, imagina se isso é um diamante, só pode ser um vidro talhado em forma de diamante que caiu de algum anel de bijuteria.

Porque um cara como eu iria achar um diamante?

E se eu levar a um joalheiro ainda vou ter que agüentar a gozação do homem por eu ter achado que podia ser um diamante...

Ha...logo eu ia achar um diamante assim...

perdido numa grama...logo eu..."

E assim pensando jogou de novo a pedra na grama e atravessou a avenida até meio triste pela sua pouca sorte.

No dia seguinte outro homem passando pelo mesmo lugar viu a pedra, atraído pelo seu brilho.

" Que beleza de pedra" ele pensou!

"Parece um diamante, talvez até seja um diamante, mas também pode ser apenas um pedaço de vidro imitando um diamante...

o melhor que tenho a fazer é leva-la a um joalheiro e pedir uma avaliação." E colocou a pedra no bolso.

Tendo levado-a para avaliação mais tarde descobriu ser um verdadeiro diamante, de muitos quilates e com uma lapidação especial.

Era uma pedra muito valiosa! Realmente especial e o homem ficou muito feliz com a sua boa sorte!

Na nossa vida as vezes encontramos pessoas que são como esse diamante...valiosas!

Pena que nem sempre nos damos o tempo para avalia-las confiando na nossa primeira, e muitas vezes errônea, impressão,

ou simplesmente achando que nunca tivemos sorte, então, porque aquela pessoa apareceria justamente pra nós?

Pense nisso!

Dê-se uma chance!

McMillian Gold 
quinta-feira, 21 de maio de 2009

A PISCINA E A CRUZ

 
Conta-se que um excelente nadador tinha o costume de correr até a água e
molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho...
Alguém intrigado com aquele comportamento lhe perguntou qual a razão
daquele hábito.

O nadador sorriu e respondeu:
Há alguns anos eu era um professor de natação de um grupo de homens.
Eu os ensinava a nadar e a saltar do trampolim.
Certa noite, eu não conseguia dormir e fui à piscina para nadar um pouco.

Não acendi a luz, pois a lua brilhava através do teto de vidro do clube.
Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente.
Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnífica cruz.
Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem.
Nesse momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado.
Eu não era um cristão, mas quando criança aprendi que Jesus Cristo
tinha morrido para nos salvar pelo seu precioso sangue.
Naquele momento as palavras daquele ensinamento me vieram à Mente e
me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus Cristo.

Não sei quanto tempo fiquei ali parado com os braços estendidos.
Finalmente desci do trampolim fui até à escada para mergulhar na água.
Desci a escada e meus pés tocaram o piso duro e liso do fundo da piscina.
Haviam esvaziado a piscina e eu não tinha percebido.

Tremi todo e senti um calafrio na espinha.
Se eu tivesse saltado seria meu ultimo salto.
Naquela noite a imagem da cruz na parede salvou a minha vida.

Fiquei tão agradecido a Deus, que ajoelhei na beira da piscina,
confessei  meus pecados e me entreguei a Ele, consciente de que foi
exatamente em uma cruz que Jesus morreu para me salvar.
Naquela noite fui salvo duas vezes, e para nunca mais esquecer,
sempre que vou à piscina molho o dedão do pé antes de saltar para
a água.
  

COMO AMAR O SEU ADOLESCENTE

 
Criar os seus filhos no anos de adolescência pode ser um desafio e geralmente uma aventura perigosa. O fundamento segura para um sólido relacionamento com seus adolescentes é o amor incondicional. Só quando este fundamento é construído você pode ficar seguro sobre a educação que foi dada. De outra forma educar torna-se algo confuso e bastante frustrante. Esse amor atua como uma luz que guia, para saber aonde você está com seu filho.

Amor incondicional, para o seu adolescente significa:
· Não importa o que eles pareçam;
· Não importa quaisquer que sejam suas qualidades, responsabilidades e deficiências;
· Não importa como ele age.

Os pais precisam se lembrar de que:
· Adolescentes são crianças;
· Adolescentes geralmente irão agir como adolescentes;
· Muito do comportamento do adolescente é desagradável.

Se você amar o seu adolescente só quando ele lhe agradar (amor condicional) e comunicar o seu amor apenas nestes momentos, ele/ela não se sentirá genuinamente amado(a). Isso fará com que ele/ela se sinta inseguro, com sua auto-imagem prejudicada, e de fato o impossibilitará de desenvolver um comportamento mais maduro.

Se você ama o seu adolescente incondicionalmente, ele/ela se sentirá bem com ele/ela mesmo (a). Será capaz de controlar sua ansiedade, e por sua vez seu comportamento ao tornar-se um adulto.

Adolescentes estão sempre perguntando "Você me ama?" Esta pergunta é primariamente feita através do comportamento, e através de palavras. Sua resposta a esta pergunta é importante. Se sua resposta for não, seu filho não irá ser e nem irá fazer o seu melhor. Poucos pais respondem sim porque não sabem como. Adultos falam com palavras, enquanto adolescentes, como criancinhas pequenas, se expressam através do comportamento e não através das palavras que são ditas. Você precisa amá-los através do que você faz e não através do que você diz.

Adolescentes normalmente respondem ao amor, mas ele não tomam a iniciativa. Se é dado a eles amor, eles correspondem. Se nada lhes é dado, eles também não dão nenhum retorno.

Adolescentes estão sempre voltando atrás. Não importa o quanto eles digam que não gostam dos pais, eles precisam do seu apoio emocional para irem adiante. Eles precisam desesperadamente de encher o tanque emocional para obterem a segurança e a autoconfiança necessária para lidar com a pressão do grupo e outras demandas da sociedade adolescente. Sem essa confiança, os adolescentes tendem a sucumbir à pressão do grupo dominador de influência e a seguir experimentam dificuldades para manter os valores éticos saudáveis.

Seu adolescente vai lhe testar. Geralmente isto se dará através do comportamento impróprio na busca por independência. Não reaja no momento de raiva. Isto não significa aprovar o mau comportamento. Você precisa expressar os seus sentimentos honestamente, mas de maneira apropriada, sem ira, gritarias, linguagem torpe, atacando a criança verbalmente, ou ficando fora de si.
 
Ross Campbell, M.D.

UMA QUESTÃO DE EXPECTATIVA

 
A nossa limitada perspectiva, e os nossos medos têm a tendência de se tornarem nossa medida de vida; e quando as circunstâncias não se ajustam com as nossas expectativas, então elas se transformam em nossas dificuldades. (Benjamim Franklin)
U ma razão freqüente para a nossa variação de humor 
certamente tem a ver com as expectativas irrealista que temos para a vida. Nesses dias em que vivemos parece que tudo está sendo levado com um exagero de seriedade. 


As pessoas estão frustradas e com o semblante carregado a respeito de praticamente tudo – estar cinco minutos atrasados, ficar encalhado no trânsito, esperar na fila, cometer um erro comum, ter de pagar as contas. Enfim, essas e outras coisas mais têm a tendência de fazer com que uma perspectiva irrealista passe a tomar lugar. 


O primeiro passo para ganhar uma perspectiva correta é admitir que você tem um problema. E a maneira mais prática de agir dessa forma é simplesmente começar o dia sem grandes expectativas. Não espere que as pessoas sejam amáveis, porque se elas não forem, isso não irá lhe perturbar. E se elas forem, você ficará maravilhado. Não espere que o seu dia não tenha problemas. Ao invés, quando chegar o problema, diga a si mesmo: “Ah! Mais um desafio para enfrentar!” Esse pequeno exercício pode fazer uma diferença enorme no seu dia; e ainda mais: você estará em sintonia com Aquele que através do Seu caráter promete suprir-lhe em tudo; tanto nos dias bons quanto nos ruins. 
Nélio DaSilva
Para Meditação:
Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Provérbios 3.5-6

PARE, PENSE E SE MARAVILHE


 
Quando paro e penso nas possibilidades que Deus tem colocado todos os dias à minha frente fico maravilhada com seu obstinado amor. (Mary Jordan)
A lgumas vezes, pelo fato de estarmos tão próximos de certas situações acabamos por perder a habilidade de reconhecer seu valor. Um trabalho, um relacionamento, um negócio, um produto, um estilo de vida - seja o que for. Familiaridade pode ser um fator complicador. Em outras palavras, familiaridade pode gerar complacência e ignorância. Por exemplo: se você já está casado há algum tempo, você pode achar que conhece seu cônjuge muito bem. Baseado nessa simples dedução raramente você se esforça para conhecê-la – ou conhecê-lo - melhor. 




Se alguma coisa o está atormentando, via de regra você fará tudo o que for possível para se livrar desse tormento. Contudo, se você der um passo atrás e observar objetivamente todos os distintos componentes daquela situação, você irá verificar que apenas um pequeno aspecto tem se tornado a fonte daquele problema. Não teria sentido algum lançar fora 95% daquilo que é valioso para se livrar de 5% que está causando o problema. 



A sua vida está cheia de grandes e nobres valores. O fato, porém, é que freqüentemente muito das coisas valiosas você não pode ver. Pare, pense e dê uma boa examinada em toda a situação. Claro que existem áreas que precisam de reparos, mas você ficará maravilhado com as coisas lindas que estão bem aí diante de você. 
Nélio DaSilva
Para Meditação:
Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.   Provérbios 30:3

GENUÍNO PRAZER

 
Um miligrama de obediência vale mais que uma tonelada de oração.  (Timothy Rogers)
O prazer é uma recompensa maravilhosa, mas ele não é e nem pode ser um fim em si mesmo. A busca de um prazer vazio é perder de vista os valores e a alegria que um genuíno prazer traz.

O prazer genuíno vem como resultado de alcançar um alvo ou algum nobre propósito. Você não pode criar o prazer. O prazer nasce apenas como resultado de uma outra atividade. Como um fim em si mesmo, o prazer se torna vazio e sem significado algum. Como um viciado que anseia pela droga, em busca do prazer que ela lhe proporciona, aqueles que buscam o prazer em si mesmo jamais encontram o prazer perene e duradouro.

Alguém que evita a obediência e vai direto ao prazer nada mais faz do que roubar do prazer aquilo que tanto busca: alegria, significado e propósito. Quando o apenas “sentir-se bem” anula a profundidade, ele deixa de acrescentar valor e exuberância à sua vida.

Prazer é recompensa; não é um estilo de vida. Deus, aquele que criou o prazer, se deleita quando nós o desfrutamos tanto quanto possível. Por isso a Escritura Sagrada recomenda: Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração (Salmos, 37:4). O único parâmetro é que esse prazer seja alcançado de forma correta, segundo os seus padrões, caso contrário já não é prazer. 
Nélio DaSilva
Para Meditação:
Amo os teus mandamentos mais do que o ouro, mais do que o ouro refinado. Por isso tenho por, em tudo, retos os teus preceitos todos, e aborreço todo caminho de falsidade.  Salmos 119:127,128

DERRUBADO MAS PRONTO!

 
Obstáculos são aquelas coisas medonhas que você vê quando tira os olhos do seu objetivo. (Henry Ford)
Q uando tudo parece sair errado, quando você não tem nada em que se segurar, quando você já exauriu todas as opções e o futuro parece bastante incerto, então você realmente está pronto. Quando os obstáculo parecem ser intransponíveis, quando você foi abaixo de onde imaginou que poderia chegar, quando você esgotou o número de pessoas que poderiam ajuda-lo, então você – verdadeiramente – está pronto.

Você tem que ir tão longe lá para baixo antes de começar a escalada para cima? Não necessariamente, mas ajuda. E quando você estiver embaixo, considere isto. Quanto mais nocautes você experimentar, mas experiência você irá adquirir no seu retorno para cima.

Você está em baixo? Então você está pronto. Você neste momento histórico da sua vida pode experimentar o melhor de Deus, o melhor da Sua graça e misericórdia e começar a voltar para uma nova jornada que o levará para um patamar que nunca jamais você experimentou. 
Nélio DaSilva
Para Meditação:
De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos. II Coríntios 4:8-9

O QUE LHE FALTA?


 

P ense em todas as informações e estímulos que vêm diariamente ao seu encontro. Seus cinco sentidos estão constantemente absorvendo novos dados - muito mais do que você acredita ser capaz de processar, e muito mais ainda do que você espera compreender e até mesmo lembrar.

Para lidar com isso construímos nossos próprios filtros, conhecidos como deduções e preconceitos. Uma vez instalados, eles passam a operar automaticamente, a ponto de ignorarmos a maioria das coisas que naturalmente deduzimos como fatos ou assumimos naturalmente, sem as rotularmos como preconceitos pessoais.

Esse filtro, no entanto, não é infalível, e algumas coisas acabam passando por ele. Mas será que isso não o leva a se perguntar sobre o que é que está faltando em sua vida? Ouça: as coisas principais que experimentamos são aquelas que já conhecemos, ou pelo menos ainda procuramos conhecer ou alcançar. Portanto, de uma maneira real e tangível cada um de nós é sob muitos aspectos responsável por sua própria realidade. Essa é a razão pela qual é muito importante aquilo em que você pensa, aquilo em que acredita, busca, espera. Porque a sua própria realidade depende de você. 
Nélio DaSilva
Para Meditação:
Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem. Hebreus 11:1

O QUE VOCÊ ESPERA ALCANÇAR?

 
Disciplina é a ponte que faz a ligação entre os alvos e as realizações. Jim Row
V ocê já fez algum
a coisa realmente tola e depois se perguntou: “Porque é que eu fiz isso?” Essa é uma boa pergunta. Na realidade é uma pergunta tão boa que merece uma ponderação antes de se tomar uma ação. Você é tentado a fazer muitas coisas por força do hábito, por retaliação ou ira. Mais freqüente do que você imagina – com toda certeza – você sente um genuíno pesar em função das palavras que pronunciou sob tais circunstâncias.

Porém, as coisas não devem necessariamente ser dessa maneira. É realmente simples agir, falar e viver com intenções. Apenas pergunte a si mesmo antes de tomar uma ação o que você deseja alcançar. Pense na dor que poderia ser evitada com aquela simples pergunta. Considere quanto esforço desperdiçado poderia ser redirecionado para alguma coisa de real valor simplesmente por agir sob reflexão e ponderação.

O que você irá alcançar com aquilo que você está fazendo? Não faz sentido tomar uma ação se isso não for lhe levar a lugar algum. Portanto, pense antes de tomá-la. Isso leva poucos minutos mas pode lhe trazer uma vida inteira de preciosissimas recompensas. 
Nélio DaSilva
Para Meditação:
O homem paciente dá prova de grande entendimento, mas o precipitado revela insensatez.  Provérbios 14:29

Recent Visitors

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...