Copyright © Um Tesouro no Céu
Design by Dzignine
segunda-feira, 1 de março de 2010

Os amores impossíveis



Um filme recente - agora em sua segunda edição - fala do amor entre uma humana e seres mitológicos, como vampiros e lobisomens. É uma ficção e não vamos comentar a questão em si.

Não sendo um crítico da sétima arte, considero - como leigo - que o sucesso da história se centra num aspecto pra lá de conhecido... o AMOR. Já ouviu falar dele?

Sim, o velho e saudoso amor, cuja expressão maior está no genial William Shakespeare (1564-1616), mentor de Romeu e Julieta, protagonistas de uma afeição profunda e impossível.


Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.

William Shakespeare


Será que de lá pra cá as coisas mudaram? Parece que não... E prova disso é o sucesso bombástico dos vampiros.

E especificamente quanto ao AMOR e suas consequências, tudo parece indicar que a vida traça seus próprios caminhos, e que as alegrias, sofrimentos, derrotas e vitórias são inevitáveis, ou seja, a vida comanda e nós somos atrelados a ela.

Mas tal idéia não me satisfaz. Como um leitor da Bíblia Sagrada, crendo que a realidade do poder pertencer a Deus (Sal 62:11), tendo a pensar diferente.

A vida terrena - e a subseqüente vida eterna - dependem de escolhas que nós fazemos, sendo falaciosa a idéia de que “fomos tracionados para uma situação” como alguém levado pela correnteza de um rio.


As Escrituras nos falam de uma escolha colocada diante do povo de Israel, por Deus, que permanece inteiramente válida nos dias de hoje.

Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição. Agora escolhe a vida, para que vivas, tu e os teus filhos, (Deuteronômio 30:19).

Um ano vai outro vem e junto nos traz oportunidades e escolhas. Se optar pela verdade e pela honestidade terá paz, se resolver perdoar e amar, encontrará saúde, se respeitar à voz de Deus, terá prosperidade e será feliz.


Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, ...


...Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.

Será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, ...Tudo o que fizer prosperará.... (Salmos 1:1-6).


Sobre o amor, lembre-se de que ele não é efêmero nem instantâneo. O amor exige entrega, carinho, participação. É uma ESCOLHA que devemos fazer, todos os dias.

Texto de autoria de Pastor Elcio Lourenço.

www.pastorelcio.com

0 comentários:

Postar um comentário

Recent Visitors

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...