Copyright © Um Tesouro no Céu
Design by Dzignine
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Autoridade Suprema


Porém Samuel disse: Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à Sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. (1 Samuel 15:२२)

A Palavra de Deus deve ser obedecida sem questionamento; ela tem de ser a suprema autoridade em nossa vida. Saul se desviou do claro mandamento do Senhor, e procurou acalmar o peso da consciência persuadindo a si mesmo de que o Senhor aceitaria seu sacrifício e deixaria passar sua desobediência. Quando Samuel, o profeta, veio ao seu encontro, Saul agiu como se considerasse a si mesmo um homem justo, e exclamou: “Bendito sejas tu do Senhor; executei as palavras do Senhor” (1Sm 15:13).


Mas as inconfundíveis provas de sua desobediência eram tão evidentes que sua afirmação de obediência era de pouco valor. “Então, disse Samuel: Que balido, pois, de ovelhas é este nos meus ouvidos e o mugido de bois que ouço? Respondeu Saul: De Amaleque os trouxeram; porque o povo poupou o melhor das ovelhas e dos bois, para os sacrificar ao Senhor, teu Deus. [...] Porém Samuel disse: Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à Sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do Senhor, Ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei” (1Sm 15:14, 15, 22, 23). [...]

A Palavra de Deus deve ser autoridade suprema. O Senhor disse: “Não violarei a Minha aliança, nem modificarei o que os Meus lábios proferiram” (Sl 89:34). Deus não pode mudar um só ponto de Sua lei sem deixar de ser supremo. As pessoas não podem torcer a lei de Deus para a acomodarem às suas idéias, e, ao deixar de harmonizar sua vida com ela, quebram seus mandamentos e violam seus preceitos. O mundo aprenderá tarde demais que não pode julgar a Palavra de Deus, mas que ela o julgará. Melhor seria que todos considerassem quão tolo e quão perverso é argumentar com Deus! Melhor seria, que cessassem de opor sua vontade à vontade do Infinito! Os que se opõem a Deus ainda aprenderão que ao fazerem isso terão abandonado o único caminho que leva à santidade, à felicidade e ao Céu (ST, 9/1/1896).


Um comentário:

Recent Visitors

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...