Copyright © Um Tesouro no Céu
Design by Dzignine
terça-feira, 30 de junho de 2009

Brincando com os SENTIMENTOS







Contam que, uma vez, se reuniram os sentimentos e qualidades dos homens em um lugar da terra.

Quando o ABORRECIMENTO havia reclamado pela terceira vez, a LOUCURA, como sempre tão louca, lhes propôs:

- Vamos brincar de esconde-esconde?

A INTRIGA levantou a sobrancelha intrigada e a CURIOSIDADE, sem poder conter-se, perguntou: Esconde-esconde? Como é isso?

- É um jogo, explicou a LOUCURA, em que eu fecho os olhos e começo a contar de um a um milhão enquanto vocês se escondem, e quando eu tiver terminado de contar, o primeiro de vocês que eu encontrar ocupará meu lugar para continuar o jogo.

O ENTUSIASMO dançou seguido pela EUFORIA.

A ALEGRIA deu tantos saltos que acabou convencendo a DÚVIDA e até mesmo a APATIA, que nunca se interessava por nada.

Mas nem todos quiseram participar.

A VERDADE preferiu não esconder-se, para quê? Se no final todos a encontravam?

A SOBERBA opinou que era um jogo muito tonto (no fundo o que a incomodava era que a ideia não tivesse sido dela) e a COVARDIA preferiu não arriscar-se.

- Um, dois, três, quatro... - começou a contar a LOUCURA.

A primeira a esconder-se foi a PRESSA, que como sempre caiu atrás da primeira pedra do caminho.

A FÉ subiu ao céu e a INVEJA se escondeu atrás da sombra do TRIUNFO, que com seu próprio esforço, tinha conseguido subir na copa da árvore mais alta.

A GENEROSIDADE quase não consegue esconder-se, pois cada local que encontrava lhe parecia maravilhoso para algum de seus amigos - se era um lago cristalino, ideal para a BELEZA; se era a copa de uma árvore, perfeito para a TIMIDEZ; se era o voo de uma borboleta, o melhor para a VOLÚPIA; se era uma rajada de vento, magnífico para a LIBERDADE.

E assim, acabou escondendo-se em um raio de sol.
O EGOÍSMO, ao contrário, encontrou um local muito bom desde o início. Ventilado, cómodo, mas apenas para ele.

A MENTIRA escondeu-se no fundo do oceano (mentira, na realidade, escondeu-se atrás do arco-íris), e a PAIXÃO e o DESEJO, no centro dos vulcões.

O ESQUECIMENTO, não recordo-me onde escondeu-se, mas isso não é o mais importante.

Quando a LOUCURA estava lá pelo 900.898, o AMOR ainda não havia encontrado um local para esconder-se, pois todos já estavam ocupados, até que encontrou um roseiral e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre suas flores.

- Um milhão - contou a LOUCURA, e começou a busca.

A primeira a aparecer foi a PRESSA, apenas a três passos de uma pedra.

Depois, escutou-se a FÉ conversando com Deus no céu sobre a humanidade.

Sentiu-se vibrar a PAIXÃO e o DESEJO nos vulcões.
Em um descuido encontrou a INVEJA, e claro, pode deduzir onde estava o TRIUNFO.

O EGOÍSMO, não teve nem que procurá-lo.
Ele sozinho saiu disparado de seu esconderijo, que na verdade era um ninho de vespas.

De tanto caminhar, a LOUCURA sentiu sede, e ao aproximar-se de um lago descobriu a BELEZA.

A DÚVIDA foi mais fácil ainda, pois a encontrou sentada sobre uma cerca sem decidir de que lado esconder-se.

E assim foi encontrando a todos.
O TALENTO entre a erva fresca; a ANGÚSTIA em uma cova escura;
 a MENTIRA atrás do arco-íris (mentira, estava no fundo do oceano);
e até o ESQUECIMENTO, a quem já havia esquecido que estava brincando de esconde-esconde.

Apenas o AMOR não aparecia em nenhum local.
A LOUCURA procurou atrás de cada árvore, em baixo de cada rocha do planeta, e em cima das montanhas.

Quando estava a ponto de dar-se por vencida, encontrou um roseiral.

Pegou uma forquilha e começou a mover os ramos, quando no mesmo instante, escutou-se um doloroso grito.

Os espinhos tinham ferido o AMOR nos olhos.
A LOUCURA não sabia o que fazer para desculpar-se chorou, rezou, implorou, pediu perdão e até prometeu ser seu guia.

Desde então, desde que pela primeira vez se brincou de esconde-esconde na terra: O AMOR é cego e a LOUCURA sempre o acompanha.



 
segunda-feira, 29 de junho de 2009

A FORÇA DA PACIÊNCIA

 
 
A paciência é uma genuína expressão de confiança, aceitação, serenidade e fé. Paciência é sinal de força e de coragem. (Joy Adams)
Considere quantas dificuldades seriam menos angustiantes se houvesse um pouco de paciência. Certamente é importante um senso de urgência, porém isso é tão essencial quanto o equilíbrio alcançado com uma boa dose de paciência.
Sucesso real e duradouro e realizações sólidas acontecem quando você age com urgência e se torna paciente quanto aos resultados. Realizações ambiciosas exigem tempo. Quando você tem paciência bastante para continuar fazendo o esforço necessário para atingir seu alvo, então você o alcançará. A paciência o ajudará a enxergar um panorama maior e lhe dará as condições necessárias para compreender a importância de enxergar as coisas a longo prazo. Ela o ajudará a melhorar seu relacionamento com as outras pessoas, e reduzirá o nível de estresse em sua vida.
A paciência consigo mesmo, com seu trabalho, com os outros, enfim, é um sinal garantido de que você está na trilha certa. Seja paciente, forte, positivo, e desfrute cada momento que a vida lhe revela.
Nélio DaSilva

Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração. (Tiago 5:7a,8a.)

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Abraça-me



Ensina-me a sentir Teu coração
Jesus, quero ouvir Teu respirar
Tirar Teu fôlego com minha fé
E Te adorar

Jesus, Tu és o pão que me alimenta
O verbo vivo que desceu do céu
Vem aquecer meu frio coração
Com Teu amor

Abraça-me (2x)
Cura-me (2x)
Unge-me (2x)
Toca-me (2x)

Vem sobre mim com o Teu manto
Reina em mim com Tua glória
Pois ao Teu lado é o meu lugar
Aleluia, aleluia



quinta-feira, 18 de junho de 2009

Pequeno Detalhe

 
Em algum momento somos obrigados a reconhecer, o que torna nossas vidas mais interessantes são mesmo os detalhes.
Aqueles pequenininhos que mostram cuidado, mostram interesse e capricho. Revelam características escondidas, nos fazem surpreender.
Os detalhes inusitados de quem, como muitos de nós, já não esperava muito da vida. Ou que até esperavam, mas já se contentavam em esperar.
Que surgem de repente e transformam o monótono em inusitado, nos tiram do marasmo anestesiado e nos fazem lembrar de sorrir. Um sorriso mais sincero pra variar.
Um detalhe revela tanto...
Revela pessoas escondidas em meio a multidão. Descobre-se então que o detalhe estava ali o tempo todo, primo de um amigo seu, irmão do companheiro de cursinho, ex-namorada do compadre da irmã de sei lá quem. Estava ali, enfim.
Mas o detalhe se faz perceber.
E nos detalhes se fazem mudanças significativas. Ainda que pequenino ou de aparência sem sentido, se mostra poderoso em sua singularidade e promove reviravoltas que os anos de análise não fizeram.
O detalhe é mais do que oportuno e, ainda que pareça vir no momento errado, ainda sim haverá sentido de ser ou estar ali. Mesmo que rapidinho, em um instante que se torce pra não terminar.
Mas é só mesmo um detalhe.
Que pode ser lembrete de algo maior. Algo que por muitas vezes teimamos em fingir esquecer, algo que nos define ou a que viemos. Algo sem controle.
Tanta razão pra um detalhe então.
O detalhe vai tornar teu dia mais claro, vai te energizar da mais pura inocência do acaso, vai dar aquele ar de encanto e magia, vai trazer de voltar a nostalgia.
Buscar o detalhe pode ser inútil.
Porque talvez o detalhe possa se chamar felicidade, aquela tantas vezes definida como passageira, aquela que incessantemente buscamos a todo instante. Caso seja ela, então mais do que buscar é preciso estar disponível.
Aberto de fato ao reconhecimento genuíno.
Solto em pensamento e com a capacidade plena de se desapontar.
Sim, o detalhe pode machucar.
Ainda que tão minúsculo defendo que é poderoso. Que seja de teoria proporcional, que a mesma capacidade de enfeitar uma vida vazia, tenha de nublá-la ainda mais, trazendo de volta sentimentos e sensações esquecidos.
Cumpre-se um possível ciclo de dor, onde antes se anunciava o amor.
Mas mesmo assim, o detalhe cumpriu seu papel. Tornou-nos vivos por um sopro no céu, relembrou-nos de permitir sentir. Arriscar pra então ter história pra contar, dizer aos próximos com orgulho que viveu, que atentou aos detalhes da vida.
Que foi mais fundo no belo e no doloroso. Que tentou.
O detalhe na história de nossas vidas, geralmente é cicatriz profunda de corte raso e rápido. Lembrada se assim quisermos, pra sempre.
Um detalhe impossível de esquecer.
Que não se quer esquecer.
Mas que ninguém duvide de sua capacidade de no ar tudo virar, de fazer toda noite sonhar, fazer estremecer ao mais suave toque de lembrança, aquecer por uma noite.
Torno hoje, por esse pequeno detalhe em minha vida, feliz por de olhos abertos estar. Mesmo de tão longe enxergar.
Te vi como o pescador no mar!
E busquei com minha promessa de navegar nesse cheiro de sorrir.
O sorriso se faz aqui de gratidão vivida, por ter enfim conseguido perceber o pequeno detalhe.
 

Fábio Yamato 

segunda-feira, 15 de junho de 2009

VOCÊ DECIDE




Você é quem decide se vai enterrar seu sonho num lugar tão profundo a ponto de não mais ver a luz do dia, ou se vai lutar por ele, fazendo tudo que for necessário para um dia alcançá-lo. (Ted Edmart)
Você está completamente rodeado de influências negativas, mas ainda assim não pode nem deve permitir que tais influências venham a controlá-lo. Haverá sempre desapontamentos vindos em sua direção, mas você não deve permitir que o desencorajem. Há uma quantidade enorme de tentações, mas você não pode, necessariamente, deixar que o distraiam. Muitas desculpas podem ser apresentadas por você; contudo você não pode de forma nenhuma consentir que o paralisem.
Você é quem decide se vai se permitir ser desencorajado pelos retrocessos da vida ou se motivar por meio deles. Você decide. É você quem decide se vai desistir quando os obstáculos lhe parecem intransponíveis; ou irá persistir suplantá-los e se tornar uma pessoa ainda mais forte.
Você é quem decide se a ira, a inveja, o ciúme, a frustração e a amargura irão lhe anular a energia ou fazê-lo seguir em frente e fazer uma diferença profunda na sua vida e na vida de outros, a despeito das circunstâncias aparentemente desfavoráveis. Hoje você pode expressar aquilo que deseja desta vida. No entanto, tão-somente aquilo que você fizer irá determinar o tipo de vida que você irá viver. Você decide.
Nélio DaSilva
Para Meditação:
No zelo, não sejais remissos; sede fervorosos de espírito, servindo ao Senhor; regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração, perseverantes; compartilhai as necessidades dos santos; praticai a hospitalidade; abençoai os que vos perseguem, abençoai e não amaldiçoeis. (Romanos 12:11-14)

           
quarta-feira, 10 de junho de 2009

O vale da desesperança

 
Um jovem advogado desceu até o vale do desespero. As coisas estavam indo tão mal para ele que seus amigos acharam melhor esconder todas as facas e navalhas com medo de que tentasse o suicídio. De fato, durante este tempo, ele escreveu em suas memórias: "eu sou, agora, o mais miserável dos homens.

Se eu vou estar melhor, algum dia, não sei. Temo que isso não acontecerá." Que jovem advogado desabafava dessa maneira, com sentimentos de completa desesperança? Seu nome era Abraão Lincoln.

É possível que muitos de nós já tenhamos passado pela mesma situação. Quem sabe, estejamos experimentando momentos de crise neste exato momento. Pessoas de grande valor, como o Presidente americano estão sujeitas a lutas semelhantes.

Mas é preciso que coloquemos no coração uma verdade indiscutível: nem tudo está perdido. Existe um canal de escape do vale da desesperança. Afinal, ali não é o lugar de nossa habitação. Somos filhos de Deus, comprados pelo sangue de Jesus para viver de maneira abundante e vitoriosa. O Senhor prometeu estar ao nosso lado e ajudar-nos nos momentos de grande tormenta e conduzir-nos aos pastos verdejantes de bênçãos. Não somos homens e mulheres miseráveis, mas filhos do Rei dos reis e herdeiros das mansões celestiais.

Aquele desesperado advogado transformou-se no maior Presidente da história americana e nós, com certeza,temos um Pastor Amigo que nos livrará de todo mal e seguirá ao nosso lado para grandes conquistas e para a vida eterna.

Você se encontra no vale da desesperança? Estenda as mãos para o Senhor, logo a alegria da vitória encherá novamente o seu coração.




Paulo Roberto Barbosa
Rio de Janeiro - RJ




 
 


domingo, 7 de junho de 2009

Até o ultimo suspiro


O que seria de nós, humanos, se toda questão imposta por duvidas pessoais fossem simplesmente nos dada à resposta de bandeja por nossos pais, os criadores, aqueles que nos dizem o caminho certo pra achar as escolhas certas, e então nós que nos olhamos no espelho e dizemos que aquilo que se vê não passa de mera imagem, o real aquela parte em que realmente devíamos crê fica guardado no inconsciente, na parte apagada, talvez para se fazer presente em sonhos, sim sonhos, creio que aquela imagem própria num sonho é o real o que realmente somos sem interferência. Como somos? De que forma é certo? Porque acontece assim? Perguntas, a vida é cheia delas, como sempre e de praxe faço mais uma pergunta que tenho certeza plena não haver resposta convincente, porque amar se não podemos tomar todas as decisões, porque esperar por um amor se a distancia sempre vem pra causar a tão desesperadora saudade, porque? Mais fico certo que meu coração, sim ele já tem a quem se dedicar, motivos, talvez alguns, se fortes ainda não sei, mais motivos que me movem e me fazem viver, creio que ser movida a paixões, amar intensamente ao outro é o que me faz ativa, o que me faz ser humana. Se sofrer dói ao causador, não se comprometa à vida tem lá os seus altos e baixos, se amar é viver, porque limites, regras, incompreensões, te digo AME, mais antes ame-se e com certeza serás amado e alem de um ser amado ouvirás um dia, Te Amarei, até o ultimo suspiro!


Rafaela Rocha
quarta-feira, 3 de junho de 2009

Lar, um lugar para voltar


 
Você já se deu conta da importância do seu lar?
Não nos referimos ao valor financeiro da sua casa, mas da importância do aconchego do lar.
Na correria do nosso dia-a-dia, muitos de nós não pensamos no que significa ter um lar para voltar ao final de um dia de trabalhos intensos e cansativos.
No entanto, o lar é a base segura de todos aqueles que possuem esse grande tesouro.
Temos acompanhado as histórias de pessoas que obtiveram grande sucesso nas artes, na música, nos esportes, e todos eles apontam a união familiar como ponto de apoio seguro.
Existem pessoas que lutaram com dificuldades, passaram por necessidades de toda ordem, mas lograram êxito graças ao carinho e à dignidade dos pais que ofereceram suporte para vencer os obstáculos.
Por essa razão, o lar é um elemento indispensável como base para uma carreira de sucesso.
Não importa o tamanho da construção nem o material de que é feito, mas importa que seja um verdadeiro ninho de amor, afeto e amizade.
Pode ser uma mansão ou uma tapera...
Um bangalô, ou um barraco singelo...
Pode faltar o pão, mas não deve faltar o abraço de ternura de uma mãe dedicada...
Pode faltar uma cama confortável, mas não deve faltar os braços fortes de um pai que ampara e orienta...
Pode faltar o luxo, mas não deve faltar o toque delicado de uma mãe caprichosa.
Pode faltar muita coisa, mas não pode faltar o diálogo amigo que estreita os laços e se faz ponte de entendimento em todas as situações.
A casa pode ser frágil e não oferecer resistência contra a chuva fria, mas o lar deve ser bastante resistente para suportar as investidas das drogas e de todos os vícios.
A construção pode balançar com os açoites dos ventos impiedosos, mas o lar deve se manter firme mesmo diante das investidas mais ásperas da indignidade e da desonra.
Se você nunca havia pensado nisso, pense agora.
E, à noitinha, enquanto o sol se despede do dia e o manto escuro da noite se estende sobre a cidade, e você, vencido pelo cansaço, avistar seu lar de portas abertas e um familiar de braços abertos para dizer:
- Olá! Como foi seu dia?
Você perceberá como é importante poder voltar para casa.
Com chuva ou com sol, lá está o nosso lar para nos acolher e nos dar abrigo.
Por essa razão, valorizemos esse refúgio seguro no qual passamos a maior parte de nossas vidas, valorizando também aqueles que compartilham conosco desse pequeno oásis e fazendo com que ele possa ser um verdadeiro porto seguro.
E nunca nos esqueçamos de que o lar, mesmo quando assinalado pelas dores decorrentes do aprimoramento das arestas dos que o constituem, é oficina purificadora onde se devem trabalhar as bases seguras da humanidade de todos os tempos.


terça-feira, 2 de junho de 2009

E AS TRAGÉDIAS CONTINUAM A ACONTECER......ONDE ESTÁ DEUS????

 


É triste como as pessoas simplesmente culpam DEUS e não entendem por que o mundo está indo a passos largos para o inferno. É triste como cremos em tudo que os jornais e a TV dizem, mas duvidamos do que a Bíblia nos diz.
É triste como todo o mundo quer ir para o céu, desde que não precise crer, nem pensar ou dizer qualquer coisa que a Bíblia ensina.
É triste como alguém diz: "Eu creio em DEUS", mas ainda assim segue a Satanás, que por sinal, também "crê" em DEUS.
É engraçado como somos rápidos para julgar mas não queremos ser julgados!
HOJE COLOCO AQUI PRA VC REFLETIR UMA ENTREVISTA DE UMA MISSIONÉRIA QUANDO QUESTIONADA DA PRESENÇA DE DEUS NA TRAGEDIA DE 11 DE SETEMBRO E QUE VALE PARA TODAS AS DEMAIS TRAGEDIAS QUE TEM ACONTECIDO DEPOIS DESSE TRISTE DIA DO ANO DE 2001.(bonellinha)
A filha de Billy Graham estava sendo entrevistada no Early Show e Jane Clayson perguntou a ela:
"Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer nos EUA, dia 11 de setembro?
Anne Graham deu uma resposta extremamente profunda e sábia.
Ela disse: "Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas.
Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco?"
À vista dos acontecimentos recentes.... ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc. Eu creio que tudo começou desde que Madeline Murray O'' Hare (que foi assassinada e seu corpo encontrado recentemente), se queixou de que era impróprio se fazer oração nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.
Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas... A Bíblia que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar, e devemos amar o nosso próximo como a nós mesmos.
E nós concordamos.
Logo depois, o Dr. Benjamin Spock disse que não deveríamos bater em nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima. (O filho do Dr. Spock cometeu suicídio) E nós dissemos: "um perito nesse assunto deve saber o que está falando", e então concordamos com ele.
Depois alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares então decidiram que nenhum professor em suas escolas deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e não queriam ser processados. (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, bater, dar socos, humilhar e chutar,etc.). E nós concordamos com tudo.

Aí alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. E nós aceitamos essa sugestão sem ao menos questioná-la.
Em seguida algum membro da mesa administrativa escolar muito sabido disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que eles pudessem se divertir à vontade, e que nem precisaríamos dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos, "está bem".
Depois alguns dos nossos oficiais eleitos mais importantes disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso Presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.
Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino. E nós também concordamos.

Depois uma outra pessoa levou isto um passo mais adiante e publicou fotos de crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos, "está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a
liberdade de se expressar e fazer isso".
A indústria de entretenimento então disse: "Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, sexo, drogas, assassínio, suicídio e temas satânicos." E nós dissemos: "Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial.
Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!"
Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o mal, o certo e o errado, porque não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios...
Provavelmente, se nós analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender: Nós colhemos exatamente aquilo que semeamos!
Billy Graham (nome completo: William Franklin Graham Jr) é um pregador evangélico norte-americano nascido em 7 de Novembro de 1918 em Charlotte, Carolina do Norte. Foi conselheiro espiritual de vários presidentes americanos. Foi ainda o mais proeminente membro da "Convenção Batista Sulista dos EUA".

Você já ganhou um abraço hoje?


 

Existe algo em um simples abraço que sempre aquece o coração
e dá-nos boas vindas ao voltarmos para casa, e torna mais fácil a partida.
Um abraço é uma forma de dividir as alegrias e tristezas que passamos,
ou só uma forma para amigos dizerem que se gostam porque,
simplesmente, você é você.
Abraços significam amor para alguém com quem realmente nos importamos.....
para nossos avós ou nossos vizinhos, ou até mesmo para um gatinho 
amigo......
Um abraço é algo espantoso... é a forma perfeita de mostrar
o amor que sentimos, mas que palavras não podem dizer.
É engraçado como um simples abraço faz-nos sentir bem...
em qualquer lugar ou língua...
É sempre compreendido...
E abraços não precisam de equipamentos, pilhas ou baterias especiais...
É só abrir os braços e os corações...
Abraços!
Você acaba de ser abraçado.....
Guarde este abraço !
Marco Albino - Almada
segunda-feira, 1 de junho de 2009

OS DEZ MANDAMENTOS DO MACHISMO



1. O homem machão nunca deve demonstrar suas emoções.
2. O homem machão deve sempre mandar e desmandar, sem respeitar a opinião da esposa.
3. O homem machão interpreta ignorância com firmeza.
4. O homem machão deve demonstrar afeto pela esposa e filhos, mas nunca por outro homem.
5. O homem machão acha que o lugar da mulher é em casa.
6. O homem machão deve dominar todas as situações, tomar todas as decisões e saber todas as respostas.
7. O homem machão deve ter sua potência reconhecida pelos outros, por isso quanto mais relações sexuais ele tiver, mais homem será.
8. O homem machão foi educado para depreciar as meninas.
9. O homem machão só faz aquilo que quer, quando quer, como quer e sabe que sempre tem razão, por isso jamais pede desculpas.
10. O homem machão deve influenciar seus filhos para que sejam iguais a ele.
O retrato falado de um machão:
Insensível
Ignorante
Agressivo
Egoísta
Narcisista
Autoritário
Ditador
Soberbo
Truculento
Insuportável
Jesus, o nosso modelo de masculinidade, disse: "...e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração;..." (Mt 11: ) "Felizes os (homens) humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus; Felizes os (homens) que choram, porque eles serão consolados; Felizes são os (homens) mansos, porque eles herdarão a terra;..." (Mt 5:3-5).
Estes são os homens de verdade!
Pr. Josué Gonçalves

Fonte: www.familiaegraca.com.br
men2

BRIGAS mal-resolvidas (vai dar problema, mais cedo ou mais tarde...)

 
Contendas e polêmicas. Quantas vezes de uma “simples palavra” nasce uma GRANDE DESAVENÇA, que magoa e fere.

Um posicionamento firme sobre determinado assunto não é algo incorreto. Porém, quando tudo parece motivo para discussões, as passageiras desavenças podem gerar PROFUNDAS FERIDAS.

Ora, uma discussão mal administrada vai dar problema, mais cedo ou mais tarde.

Pois vamos lá.

Quando lemos sobre a criação do homem, do jardim do Éden e das duas árvores que ali existiam – a da “vida” e a da “ciência do bem e do mal” (Gênesis 2:4-17) - descobrimos que Deus nos dotou do direto de opção, que também pode ser chamado de “livre arbítrio”.

Isto significa dizer que cada um de nós está qualificado a ter sua opinião diante do Altíssimo, e, igualmente, em relação ao nosso semelhante.

Muitas são as divergências que nascem disso, levando a discussões amigáveis, a debates acalorados nos meios científicos e literários e a confrontos violentos, não somente em tribunais s arenas políticas, mas mesmo no nosso recinto pessoal, no nosso local mas querido.

Os resultados são sempre desastrosos, uma vez que não existe uma verdade absoluta sobre situações do dia-a-dia cujo conhecimento nos seja particularmente revelado. Será mesmo que para tudo eu estou 100% certo?

Vejamos um exemplo clássico. Um casal deveria ser o exemplo perfeito de harmonia, uma vez que Deus qualifica homem e mulher unidos como sendo “uma só carne” (Gênesis 2:24), mas em vez disso, ficam “remoendo as brigas”, basicamente pelo fato de que cada um quer ter a razão total.

Veja que o modo como lidamos com as pessoas e com as diversas situações irá determinar – em certa medida - as conseqüências futuras que irão alvejar o relacionamento, seja dentro de casa, seja no trabalho, seja entre amigos e colegas.

Neste sentido, o apóstolo Paulo nos oferece uma recomendação básica: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.” (Rm 12:18).

Jesus, contudo, vai muito além, nos orientando para que nunca nos preocupemos em ter razão pessoal, mas sim deixar que os outros a tenham, pois isso não somente gera a paz, mas, também agrada a Deus: Se alguém te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas. (Mateus 5:41).

Mas como atingir tais metas tão especiais? Perguntaria o leitor.

Seguramente este é um caminho um tanto estreito (difícil), pois assim são as coisas divinas (Mt 7:13-14), que não se prendem ao imediato, mas ao eterno, e não teríamos espaço para uma avaliação completa nesta breve meditação.

Entretanto, sabendo que a maior arma em qualquer desavença é o nosso falar, podemos apresentar uma chave, legada pelo sábio Salomão, que abre muitas portas:

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.”(Provérbios 15:1).

www.pastorelcio.com

Texto de autoria de Pastor Elcio Lourenço. Pastor desde 1968.
 

Errar é humano...mas como recomeçar??

 
Diz a sabedoria popular que "errar é humano, mas persistir no erro é falta de sabedoria".

Esse mesmo conceito é apresentado na Bíblia Sagrada de uma forma mais gentil, porém bem mais objetiva.

Hoje pode ser um dia especial para você. Pode ser o seu aniversário ou , no mínimo, MAIS VINTE E QUATRO horas de sua existência.

Seu viver - sem dúvida - se alterna entre grandes desempenhos e falhas lamentáveis. Quem nunca errou??

Isso não deve constituir razão de preocupação ou desalento, pois acontece com TODAS AS PESSOAS.

A evolução do seu desempenho, por outro lado, é razão para uma madura reflexão.

Você tem aprendido com o seu dia-a-dia, inclusive com suas falhas?

Em caso positivo, estará caminhando na direção certa; se não, é chegado o momento de reavaliar seus valores e metas.

Faça isso e se torne sábio.

Hoje leia: Prov 9:8-10; I Cor 11:31-32

Trecho extraído do livro "Uma janela para o Eterno", de autoria do Pastor Elcio Lourenço. Pastor desde 1968.
  
 

Recent Visitors

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...